Postagens

domingo, 28 de março de 2010

Éfeso: Um Estudo Histórico-Cultural e Contextual - Parte 1

Nota: Esta pequena monografia foi desenvolvida para a disciplina de Atos e Epístolas, no primeiro semestre de 2010, ministrada pelo Pr. Charles Fabian.

Introdução

Éfeso é uma das mais importantes cidades do cenário bíblico do Novo Testamento. A primeira carta do Apocalipse é endereçada a igreja desta cidade (Ap 2:1-7). O apóstolo Paulo dedicou a congregação ali existente uma de suas cartas (Efésios). Dada sua proeminência e fato de ser citada 16 vezes em todo o Novo Testamento (8 vezes só no livro de Atos), dedica-se neste breve estudo a analisá-la do ponto de vista histórico-cultural e contextual. Discute-se brevemente sua localização, sua história, os principais pontos da cidade e sua religião; ao final, procura-se, a partir do estudo feito, tirar algumas lições especiais e aplicá-las a vida devocional. Buscou-se destacar as informações mais pertinentes ao estudo do ministério de Paulo nesta cidade, conforme descrito em Atos e nas epístolas de sua autoria.

A Localização de Éfeso

A antiga cidade de Éfeso localizava-se na costa ocidental da Ásia Menor,[1] no lugar onde o rio Caister desembocava no mar Egeu.[2] Durante o período romano, o mar chegava ao porto, próximo ao Grande Teatro. Segundo F. F. Bruce, já no tempo de Paulo o porto necessitava ser dragado de tempos em tempos por causa do depósito de sedimentos. Assim, por causa desse constante depósito, hoje, o sítio arqueológico está a mais de 5 km da costa.[3]
Ao norte da cidade está o rio Hermus e ao sul o rio Menderes, o que fazia com que ela tivesse fácil acesso aos seus vales, o que tornava sua localização estratégica.[4] A sudoeste, fica a famosa ilha de Samos.[5] A cidade estava cercada a leste pelo Monte Pion e ao sul pelo Monte Koressos.[6]

Éfeso era o ponto inicial da estrada que ia do Egeu até a parte oriental da Anatólia, o que, juntamente com seu porto, fez com que a cidade florescesse como centro comercial e de transporte.[7] Segundo Strelan, a cidade foi o νεωκόρος[8] tanto de Ártemis como do culto ao imperador. Os eruditos a tem reputado como o centro da missão de Paulo na região e o palco para sua missão mais bem sucedida entre os gentios.[9] Como Paulo precisasse de um lugar estratégico onde pudesse ter contato com suas igrejas recém-fundadas. Sua escolha recaiu sobre Éfeso. Não apenas era mais ou menos eqüidistante de suas igrejas na Acaia, Macedônia e Galácia, mas, como uma capital no início de um excelente sistema de rodovias e com um importante porto, ela lhe oferecia um excelente comunicação.[10]

Além disso, de todas as cidades mencionadas no Novo Testamento como tendo sido visitadas por Paulo, apenas Éfeso é mencionada no Apocalipse (2:1-7). Paulo visitou Éfeso em sua segunda e terceira viagens missionárias.[11] Como Éfeso chegou a se tornar tão importante? É sobre sua história que se demora o próximo capítulo.


[1] Ásia Menor, ou Anatólia, é a península situada entre o Mar Negro, ao norte, e o Mar mediterrâneo, ao sul, cf. Allen C. Myers, The Eerdmans Bible Dictionary (Grand Rapids, MI: Eerdmans, 1987), 96.
[2] Clyde E. Fant e Mitchell G. Reddish, A Guide to Biblical Sites in Greece and Turkey (New York: Oxford University Press, 2003), 177; Mitchell G. Reddish, "Ephesus," Holman Illustrated Bible Dictionary 494.
[3] F. F. Bruce, The Book of Acts, The New International Commentary on the New Testament (Grand Rapids, MI: Eerdmans, 1988), 355; Jack Finegan, The Archeology of the New Testament: The Mediterranean World of the Early Christian Apostles (Boulder: Westview Press, 1981), 155.
[4] Finegan, The Archeology of the New Testament, 155.
[5] Fant e Reddish, A Guide to Biblical Sites in Greece and Turkey, 177.
[6] Finegan, The Archeology of the New Testament, 159.
[7] Fant e Reddish, A Guide to Biblical Sites in Greece and Turkey, 177.
[8] “Sacristão;  . . . título assumido por cidades asiáticas quando elas erigiam um templo em honra ao seu deus patrono ou ao imperador, como Éfeso.” Cf. Henry George Liddell e Robert Scott, A Greek-English Lexicon, 9ª ed. (Oxford: Clarendon Press, 1996), 1172. Em outras palavras, guardião ou, no caso, guardiã.
[9] Rick Strelan, Paul, Artemis, and the Jews in Ephesus (Berlin, New York: de Gruyter, 1996), 1.
[10] Jerome Murphy-O'Connor, St. Paul's Ephesus: Texts and Archaeology (Collegeville: Liturgical Press, 2008), 187.
[11] Fant e Reddish, A Guide to Biblical Sites in Greece and Turkey, 180.

domingo, 21 de março de 2010

Logos 4: Copiar Versos Bíblicos

Para copiar versos bíblicos para outros aplicativos (editor de texto, apresentação de slides), faça o seguinte:
  • Abra o Logos 4;
  • Abra seu aplicativo (editor de texto, apresentação de slides);
  • Pressione Ctrl + Alt + B e o painel Copiar Versos Bíblicos (Copy Bible Verses) abrirá;
  • Se você já estiver com o Logos 4 aberto e estiver trabalhando com seu aplicativo, é só pressionar Ctrl + Alt + B que o painel Copiar Versos Bíblicos (Copy Bible Verses) também abrirá;
Se você estiver trabalhando apenas com o Logos 4, você também pode acessar o Copiar Versos Bíblicos (Copy Bible Verses) clicando em:

  • Ferramentas (Tools) à Copiar Versos Bíblicos (Copy Bible Verses).

domingo, 14 de março de 2010

Viajando com Lucas

Conforme divulgado na postagem "Em Casa ou Numa Hospedaria: Onde, Afinal, Nasceu Jesus?", a revista Bible Study Magazine aborda tópicos e ferramentas sobre o estudo da Bíblia, principalmente o Logos Bible Software. Além de disponibilizar alguns de seus artigos em seu site, ela também, de vez em quando, publica materiais interativos em Flash referentes aos artigos de suas edições.


Na edição de Janeiro/Fevereiro, um dos artigos abordou a estrutura literária de Lucas. Para melhor visualização do itinerário de viagem seguido pelo evangelista, a Bible Study Magazine publicou um Flash interativo para mostrar como seria a viagem descrita por Lucas num mapa. Aqui você pode conferir e enriquecer seu estudo desse maravilhoso evangelho.

domingo, 7 de março de 2010

Logos 4: Carregar um Layout (Área de Trabalho) ao Iniciar o Logos

Se ao invés de iniciar com a Página Inicial você quiser iniciar com um Layout (esse é o nome dado à Área de Trabalho no Logos 4), siga os seguintes passos:

  • Organize o Layout da maneira que você quer;
  • Clique no ícone da Página Inicial (Home), o primeiro da esquerda para direita, na parte superior;
  • Clique em Customizar (Customize) no canto inferior esquerdo da Página Incial (Home);
  • Desmarque a caixa Mostrar a página inicial ao iniciar (Start home page at startup);
  • Feche a Página Inicial (Home);
  • Feche o Logos 4 com o Layout organizado da maneira desejada;

Da próxima vez que você reiniciar o Logos 4, ele iniciará com último Layout com o qual ele foi encerrado.

Related Posts with Thumbnails